Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

HORA VIP - A revista que surpreende

ENTREVISTA A JOANA AGUIAR E GONÇALO TEIXEIRA

Em mês de aniversário temos dose dupla de convidados. Escolhemos dois modelos, que desde o nosso primeiro contato aceitaram o nosso convite para a entrevista. Joana Aguiar, modelo e atriz, e Gonçalo Teixeira, modelo, são os convidados do mês de julho. Uma conversa à flor da pele, como quem diz, uma conversa a vida, sobre as suas profissões e não só.

JOANA AGUIAR

Fábio Belo (FB):A representação e a moda são o seu mundo?
Joana Aguiar (JA): A representação e a moda são uma parte muito importante da minha vida. São duas das minhas paixões.

FB: Entre a área da representação e da moda qual é a que prefere? Porquê?
JA: Hoje em dia penso que a representação apresenta um maior desafio sendo por isso a área a que me dedico mais. Adoro a área da moda também, é uma área especial e divertida. São áreas bastante diferentes mas que de certa forma também se complementam.

FB: Qual foi a melhor produção que fez até hoje?
JA: Em termos de representação o meu maior desafio foi sem dúvida, a série ” Onde está Elisa!”. Foi um projeto muito especial, na qual fui desafiada a fazer uma personagem complexa e tive o privilégio de trabalhar com profissionais incríveis. Aprendi muito. Em relação à moda, foi inquestionavelmente, uma produção que fiz no Equador, a minha primeira experiência internacional, numa cultura completamente diferente. Foi um bom desafio.

FB: Ser modelo é uma profissão exigente?
JA: Não me considero modelo, acho que tenho muito para crescer.

FB: A Joana é uma pessoa atenta ao seu corpo e bem-estar?
JA: Sou muito atenta. Sempre pratiquei muito desporto, pratiquei atletismo de competição, e já experimentei variadas outras modalidades. Sempre fui uma rapariga muito ativa e sempre o fiz porque é algo que me faz bem, a todos os níveis, fisicamente e psicologicamente. Aprendi a compreender o meu corpo. Hoje em dia consigo afirmar que sou uma pessoa mais consciente do que é, ou não, essencial para o meu bem-estar.

FB: Segue uma alimentação restrita?
JA: Não necessariamente. Acho que o importante é ter equilíbrio e consciência do nosso corpo, e isso é algo que vamos aprendendo ao longo do tempo. Saber o que “posso” ou não comer, o que me faz sentir bem e ter energia. Como de tudo com moderação, é o que melhor resulta para mim.

FB: O desporto é um elemento essencial para o seu bem-estar?
JA: Sem dúvida. Toda a minha vida pratiquei desporto de competição, como já referi anteriormente, e por isso, sempre foi algo muito presente no meu dia-a-dia. Hoje em dia já não consigo treinar com tanta intensidade mas não consigo parar de o fazer. É algo essencial no meu quotidiano.

FB: Como se define?
JA: É uma pergunta difícil… Acho que sou uma pessoa determinada, acho que é a minha principal característica. Sinto-me uma pessoa ativa, sensível e focada nos meus objetivos.

FB: O que gosta de fazer nos tempos livres?
JA: Gosto muito de fazer desporto, de estar com os meus amigos, passear, ler, ir ao cinema… Adoro viajar.

FB: O que a faz dizer “tive um dia feliz”?
JA: Acho que há vários momentos que me fazem dizer “ tive um dia feliz”. Acho que sou uma rapariga simples…Sou uma pessoa muito familiar, para mim estar com a minha família é fundamental. Estar com quem mais gosto e proporcionar-lhes bons momentos faz-me sorrir. Aproveitar um bom por do sol, estar com o meu namorado e passar tempo com os meus amigos é algo que me faz muito feliz.

GONÇALO TEIXEIRA

Fábio Belo (FB): Como se define enquanto pessoa e profissionalmente?
Gonçalo Teixeira (GT): O lado pessoal e o profissional estão completamente interligados. A base de princípios e valores são exatamente os mesmos. Posso-me considerar alguém simpático, batalhador, determinado, protetor dos amigos e família, defensor de causas, e objetivo, no sentido que tento sempre ser melhor pessoa todos os dias, para que outros possam olhar para mim como um exemplo positivo a seguir. É com, cada vez mais, responsabilidade que vejo o nosso papel dentro de qualquer sociedade.
FB: Sempre sonhou entrar no mundo da moda, ou a moda surgiu por acaso?
GT: Foi algo que surgiu por acaso.
FB: Em algum momento pensou que viria a ser um modelo muito conceituado?
GT: Normalmente em tudo a que me proponho na vida, tento sempre ser mais e melhor. Quando decidi ser exclusivamente modelo profissional foi isso que ambicionei.


FB: É fácil ser-se modelo?
GT: Como em todos os trabalhos no mundo, quando se tem o que é preciso e se gosta do que se faz, sim é fácil.
FB: O que o fascina no mundo da moda?
GT: As viagens sem dúvida alguma.
FB: Sempre foi adepto de um estilo de vida saudável?
GT: Sempre fiz desporto desde criança, por isso posso dizer que sim.


FB: É muito exigente com o seu corpo?
GT: Sou exigente comigo próprio num cômputo geral.
FB: Quais as cinco regras que tem para ter um corpo de sonho?
GT: Quem disse que eram cinco?! Existem vários estilos de vida e o que escolhi para mim, é um estilo saudável e de equilíbrio, onde a alimentação, descanso e desporto são preponderantes.
FB: Qual o alimento que não come para se manter na linha, e qual não dispensa?
GT: Não como Pão e não dispenso batata doce.
FB: É uma pessoa apaixonada pelo verão?
GT: Sem dúvida que o sol, o calor e o mar têm uma influência bastante positiva na minha vida.

FOTOGRAFIAS GONÇALO TEIXEIRA: WE ARE MODELS; CHARL MARAIS E DIMITRIS THEOCHARIS.

FOTOGRAFIAS JOANA AGUIAR: ELIO NOGUEIRA E RICARDO SANTOS