Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

HORA VIP - A revista que surpreende

ENTREVISTA: RODRIGO CASTELHANO - NUMA CONVERSA IRREVERENTE E EXCÊNTRICA

Wedding (2).png

AGOSTO QUENTE. Rodrigo Castelhano, modelo e o homem do perfume de Cristina Ferreira, é nosso convidado. Numa conversa excêntrica e irreverente falámos de tudo. Sobre tudo. Uma conversa quente que se define como o mês de agosto.

Fábio Belo (FB): Como te defines?

Rodrigo Castelhano (RC): Defino-me como uma pessoa simples e humilde.

FB: Sentes que és uma pessoa ousada?

RC: Sim, sinto que sou quando preciso de ser.

FB: A moda ajudou-te a libertar esta ousadia que há em ti?

RC: Sim, isto porque vim de um meio pequeno e fechado. Sem dúvida que ajudou bastante a ser o que sou hoje.

FB: Foi um sonho de criança seres modelo?

RC: Não. Engraçado tudo isto, porque sempre odiei fotos e infelizmente não tenho muitas fotos em criança que se aproveitem, pois não gostava mesmo.

4FE0BE64-7AD1-44A1-9E69-39EF11944AB7_edited.jpg

FB: O que mudou na tua vida ao entrares no mundo da moda?

RC: Ajudou-me bastante a crescer como pessoa, fez com que abrisse os meus horizontes, tais como conhecer o mundo e novas pessoas.

FB: Qual foi a produção que te mais marcou?

RC: Foi fotografar um editorial para a Vogue China, onde tive que fotografar com um alemão nu, junto a uma atriz famosa chinesa e por detrás da câmera estavam mais de 20 pessoas a olhar.

FB: Quem é o teu criador de moda de eleição?

RC: Tenho vários, mas gosto bastante do Armani. Em Portugal tenho um carinho muito especial pelo Dino Alves e Miguel Vieira. Além de me identificar muito com o trabalho deles, são os dois grandes amigos meus.

EA90C910-29AF-486B-B388-59C8B10131D1_edited.jpg

FB: Ao seres o homem do perfume de Cristina Ferreira, ganhaste mais visibilidade no mundo da moda?

RC: Em parte sim… No meio da moda em Portugal, já sou conhecido aos anos, mas essa imagem no português comum, ficou mais conhecida sem duvida graças a ela.

FB: Se não fosses modelo, o que serias?

RC: Bombeiro.

FB: Gostas do teu corpo? O que mudarias?

RC: Gostaria de não ter falta visão. Infelizmente já faz parte de mim desde os seis anos.

89003735-D7F5-4AA5-A366-4C349933317D_edited.jpg

FB: Como surgiu a tua loucura por tatuagens?

RC: Desde que me lembro de ser criança. Sempre fiz desenhos a mim mesmo, e já nessa altura dizia há minha mãe que iria ter tatuagens. O que ela nunca gostou e não acreditou. Fiz a minha primeira aos 16 anos, aos 19 anos a agência pediu para não fazer mais. Fiz uma promessa que até aos 30 anos não faria mais e assim foi. A partir dessa idade começou o meu sonho.

FB: O que ainda te falta tatuar?

RC: Pernas, mãos e pescoço.

FB: O que não dispensas de fazer no teu dia-a-dia?

RC: Treinar.

FB: O que mais gostas nas pessoas?

RC: Humildade, sinceridade e justiça.

FB: O que detestas nas pessoas?

RC: Mentira e falsidade.

FB: Qual é a figura pública que beijavas? Porquê?

RC: Sofia Vergara, por tudo. (Risos)

IMG-0596.JPG

FB: Como defines o amor?

RC: Amizade, cumplicidade e companheirismo.

FB: Para ti existe amor à primeira vista?

RC: Existe!

FB: Qual é a asneira que define a tua personalidade?

RC: Asneira? Não sei... mas sei que às vezes sou um pouco louco e destemido. (Risos)

A1F4515D-715B-4EBE-AD67-E3134CD7F5FB_edited1.jpg

FB: Gostas de sexo?

RC: Sim, claro e muito. (Risos)

FB: O sexo é algo relaxante para ti, ou é só puro prazer?

RC: As duas coisas, depende da situação.

FB: Qual o local mais estranho onde já fizeste sexo?

RC: No avião.

FB: O que não dispensavas comprar ao entrares numa sex shop?

RC: Uma langerie e um brinquedo para ela.

IMG-1746.JPG

FB: És excêntrico?

RC: Quando tem que ser.

FB: O que é que agora não interessa nada?

RC: A opinião dos outros. Se o mundo vivesse mais as próprias vidas e menos as vidas alheiras, teriam muito mais gozo nas próprias vidas e conseguiriam desfrutar muito mais. Triste é saberem que só vivemos uma vez e preferem perder o seu tempo a viver a vida dos outros do que a delas próprias. Graças a deus tive uma educação maravilhosa e com isso vivo sem pudores e sem limites a minha vida.

FOTOGRAFIAS: Álvaro Leite; Alejandro Brito; Ana Luísa; Fabiano Herrera.

VETERINÁRIOSCLÍNICA VETERINÁRIA DAS LARANJEIRAS

 

HORA VIP.png