Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

HORA VIP - A revista que surpreende

ROTULAGEM NUTRICIONAL

Diariamente somos obrigados a fazer escolhas alimentares, quer nas nossas compras, quer nas refeições realizadas ao longo do dia.
Mas como sabemos que o que escolhemos é saudável? Especialmente quando a indústria alimentar está constantemente a apresentar-nos novos produtos.
Saber interpretar o rótulo de um produto permite conhece-lo, e assim fazer escolhas informadas.
A ajuda da lista de ingredientes!
Uma das menções obrigatórias no rótulo de um produto alimentar é a lista de ingredientes que o constitui. Tenha em conta que os ingredientes são enumerados por ordem decrescente de peso, apresentando-se em 1º lugar o que está em maior quantidade e assim sucessivamente. Deve optar por produtos com uma lista de ingredientes curta, que de modo geral são menos processados e contêm menos aditivos.
A ajuda da tabela nutricional!
Para analisar ou comparar produtos deve utilizar a tabela nutricional, definida por 100g e, facultativamente, por dose/porção.
Mas como sabemos que o produto tem pouco açúcar, ou gordura?
Deverá analisar a informação nutricional, descrita na tabela nutricional do rótulo do alimento. Esta análise deverá ser feita por 100g e deve ter em conta os seguintes critérios:
• Baixo teor de gordura – Quando os lípidos são inferiores a 3g por 100g;
• Baixo teor de açúcares – Quando os hidratos de carbono dos quais açucarados são inferiores a 5g por 100g;
• Fonte de fibra – Quando a fibra é superior a 3g por 100g;
• Baixo teor de Sal – Quando o sal é inferior a 0,3 g por 100g.

Ex: Sabemos que um iogurte será uma opção saudável se contiver menos de 5g de açúcares e 3g de lípidos por 100g.

E os produtos light?
Apesar de existirem boas opções de produtos light, nem todos são saudáveis.
A denominação Light consiste na “redução do teor do nutriente, no mínimo, de 30% em relação a um produto semelhante”.
Um iogurte light da marca X pode ter uma redução de 30% de gordura em relação ao iogurte original X, mas ter um teor de açúcar alto, não sendo por isso aconselhado. No entanto existem iogurtes light com redução de gordura e açúcares e como tal aconselhados. Por outro lado uma manteiga light com redução de 30% de gordura em relação ao produto original, não é um produto magro, continua a ser constituído na sua maioria por gorduras.
É importante perceber que existem produtos light saudáveis, mas também existem produtos light não aconselhados. Não deve confundir um alimento light com um alimento saudável, deve fazer uma escolha informada, com a leitura e interpretação do rótulo alimentar.
O que escolher?
Na escolha do produto, deverá ter atenção à lista de ingredientes, comparar os produtos por 100g e analisar a tabela nutricional por inteiro, e não apenas as Kcal ou o açúcar.
No geral, deve optar por produtos com baixo teor em açúcar e sal, que contenham fibras na sua composição. Em caso de produtos que contenham gordura, dê preferência aos que apresentem ácidos gordos monoinsaturados e/ou polinsaturados, com baixo teor em ácidos gordos saturados e ausência de ácidos gordos trans.